domingo, 27 de março de 2011

Amor de Vó.


Amor de vó.
Tão puro, tão próprio.
Amor de vó não amor de mãe, nem de tia, nem de vizinha, nem de babá.
Amor de vó é amor sorridente, com rugas num rosto doce de admiração, amor de vó é amor saboroso, com bolos quentinhos e café feito na hora. Amor de vó é o silêncio da sabedoria, as palavras sempre leves, sempre calmas, palavras de quem sabe o que diz.
Amor de neta é eterno, amor de neta é grato, amor de neta é feito amor de vó, puro, cristalino, cúmplice, porto-seguro.
Amor puro de puro amor.


Achei lindo esse texto. Eu fui uma neta muito paparicada pelas minhas duas avós, mas principalmente pela minha avó paterna que morava num apartamento embaixo do meu e só tinha eu e minha irmã de netas... e como foi bom... Amor de vó é maravilhoso, e só hoje eu entendo esse sentimento  que me preenche tão lindamente.
Um lindo e abençoado domingo.
Bjos, Lú.

20 comentários:

  1. Dizem que avó mima tanto que estraga os netos, então todos nós crescemos " estragados" de tanto amor, carinho e dedicação!!! Qual criança não adora ir a casa da avó, meus sobrinhos não saem da casa da minha mãe, crianças só sabem refletir aquilo recebem, e essa fofuxa ai da foto tem cara de quem recebe muito amor.

    bjos e bom domingo

    ResponderExcluir
  2. Nossa! Lú vc já é avó? tão nova.
    Como ela é linda, toda fofinha, dá vontade de abr4açar muitooooooooooo!
    Eu não tenho filhos, mais tenho quase duas dezenas sobrinhos, e sou na maioria deles, tia e avó.
    Bjs cristalinos

    ResponderExcluir
  3. Lindo, amei o texto,Lú!!!!Mas amiga, ainda não dá para te ver como avó, vc é muito jovem!!!!Mas essa fofucha é muito linda,viu!!!!Que Jesus ilumine ricamente a vida desse anjinho de "asas quebradas" que caiu em sua família!!!!Bj gde vovó-menina,fiquem com Deus!!!!Rê.

    ResponderExcluir
  4. Tão jovem e já avó. Melhor assim, tem muito tempo e energia pra curtir. Tenho só um netinho, muito fofo. Fico na maior alegria quando eles vem me visitar. Moram em outra cidade.

    Bom domingo.

    Bjos Luzia Lira

    ResponderExcluir
  5. Lú,
    Que lindo!
    O texto, a foto e todo esse amor de Vó....
    Também tenho boas recordações das minhas avós....e muitas saudades também.
    Agora, cá entre nós...se me contassem que vc é avó, com esse rostinho de moça, não acreditaria....
    beijos

    ResponderExcluir
  6. Também acho lindo amor de vó!
    Me recordo com muito carinho da minha Vó Ana (eu sou xará dela, que homenagem linda, não?), e também acho lindo o amor que minha mãe tem com meu sobrinho!!!

    As pessoas me chamavam, às vezes, de Dona Ana, e eu dizia assim: Dona Ana é a minha Vó, eu sou a Dona Aninha!!

    Quantas saudades da minha vó!!

    ResponderExcluir
  7. Vó é tudo na vida de uma criança. Paparica e dá carinho, faz suas vontades e educa. Tudo ao mesmo tempo.

    Bj
    Deborah

    ResponderExcluir
  8. ♥ Lú que bom voce ter postado essa foto. Fiquei emocinada, viu? E tu é muito jovem!!!!!!!!!!!!!!
    Essa é uma foto para se guardar para sempre. Beijos mana, bom domingo vovó

    ResponderExcluir
  9. Lú,
    Lembrei agora de cada momento que passei com minhas avós.Uma se foi cedo a outra eu curti muito...
    Foi minha confidente, conselheira e amiga...
    Mesmo não estando mais entre nós me sinto amparada por ela, principalmente nos momento mais difíceis...E ser avó deve ser tudo de bom!!beijkas...

    ResponderExcluir
  10. Lindas suas palavras Lu, ainda não sou avó, mas confesso que qdo for, acho que vou pirar de tanta alegria. Linda a Valentina...bjos um lindo finalzinho de domingo

    ResponderExcluir
  11. Querida Lú,

    Como está crescida a sua Valentina, e linda!! E você é a vovó mais jovem que conheço...

    Deus abençoe a vocês. Amor, saúde e paz para toda família!

    Beijos amada!

    ResponderExcluir
  12. Querida Lú,

    Como está crescida a sua Valentina, e linda!! E você é a vovó mais jovem que conheço...

    Deus abençoe a vocês. Amor, saúde e paz para toda família!

    Beijos amada!

    ResponderExcluir
  13. Olá Lu, que bom ter tido avó, eu nunca tive nem avó, nem avô, acho que agora estou descobrindo depois de ler este texto, que sei porque hoje tenho essa vontade de ser avó de todo mundo. Adoro ser chamada de Vovó.
    Acho que é um carinho de mãe duplicado, né?
    Adorei o texto!
    Beijinhos da Vovó, Cris.

    ResponderExcluir
  14. Ai Lú, que coisa mais fofa! Vontade de morder...
    Nem acredito que você já é avô! ;)
    Parabéns!

    ResponderExcluir
  15. Lindo texto Lú, e as duas tbm são lindas!
    Parabéns pela netinha, que é uma benção de Deus!
    bjs,
    Andréa....

    ResponderExcluir
  16. Que princesa mais linda gente!!
    Um sorriso tão doce!
    Abraços, Daniana
    http://cozinhasemdrama.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  17. É, Lu... eu sei o que é a falta de uma avó querida!
    Só tive (conheci) uma, a materna... mas era tudo o que eu precisava... só dela! Mesmo com tantas limitações (ela não ouvia há mais de 50 anos) ela era a criaturinha mais feliz que existia na terra. Saudades, vó!
    Este pequeno texto me fez lembrar de coisas demais!

    Bjo,
    Talita Cristina

    Ah, querida obrigada pelo voto no concurso da Vitarella.

    ResponderExcluir
  18. Lú, adorei seu texto!!!
    Deve ser td de bom ser avó...
    Que belezura sua netinha!
    Bjim

    ResponderExcluir
  19. Muito lindo texto, mas lindas mesmo estão vcs.
    Que fofa a Valentina, benza Deus, que saúde, que alegria, Deus conserve.
    Você nem parece vovó, é muito jovem.
    Bjs querida.

    ResponderExcluir
  20. que lindo texto Lú..e que linda a sua neta..parabens...li

    ResponderExcluir

Obrigada por sua visita. Ficarei muito feliz com seu comentário.
Se você não tem blog, deixe seu e-mail para que eu possa te escrever, e se você tem blog, deixe seu perfil disponível para que eu possa retribuir sua visita.
Bjos, Lú.